Ponta Porã/MS, Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 09h:48
Tamanho do texto A - A+

Caravana da saúde nas escolas municipais

Para melhorar a educação governo investe em saúde

Laryssa Maier
Especial Capital News

Governo de MS desenvolveu um trabalho através da parceria Juntos por Campo Grande, a qual possibilitou o aumento do número de leitos, ampliou repasses, e também levou saúde para as escolas.

Edemir Rodrigues/ Portal MS

Caravana da saúde nas escolas municipais

Governador Reinaldo Azambuja durante entrega de óculos para estudantes

A gestão identificou, que cerca de 15% a 20% dos alunos da rede pública possuíam problemas de visão ou audição e que prejudicavam o desempenho escolar das crianças. Assim, a Caravana da Saúde, que desde 2015 leva saúde para mais perto das pessoas de todo Estado, foi estendida para as escolas estaduais e municipais em 2018.  

 

Além da qualidade do ensino, os alunos da rede publica precisavam de cuidado, avalia o governador Reinaldo Azambuja. “A Caravana da Saúde nas Escolas é uma forma que encontramos de dar qualidade de vida e melhorar o aprendizado dos alunos da rede pública. Fazer os exames, identificar a necessidade de cada um e fornecer os óculos para os nossos estudantes, é dar condições de igualdade a todos”.

 

A Caravana da Saúde nas Escolas passou por 147 instituições de ensino de Campo Grande, fez a triagem com 42 mil estudantes do 4° ao 7° ano, e realizou exames específicos com 29 mil. Do total de alunos, 6.559 apresentaram alguma alteração visual ou auditiva, e 3.904 receberam óculos. 

 

Enxergar bem é essencial para aprender bem, conforme estimativa da Organização Mundial de Saúde.Segundo assessoria, de acordo com a Academia Americana de Oftalmologia (AAO), um em cada cinco alunos sofre algum problema visual como miopia, hipermetropia, estrabismo e outros fatores.

Edemir Rodrigues/ Portal MS

Caravana da saúde nas escolas municipais

Já pensou olhar para o quadro, e enxergar tudo embaçado?

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix