Ponta Porã/MS, Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Domingo, 05 de Janeiro de 2020, 11h:36
Tamanho do texto A - A+

Nova plataforma facilita monitoramento de bezerras leiteiras

Os animais são pesados e medidos voluntariamente, enquanto bebem água.

Norton Soares
Especial para o Capital News.

Divulgação

Nova plataforma facilita monitoramento diário de bezerras leiteiras

Balanças eletrônicas da Intergado posicionadas em frente ao bebedouro do piquete pesa os animais que possuem os brincos eletrônicos

Implementada pela startup Intergado, foi lançada a plataforma CriaTECH, desenvolvida para o monitoramento diário de bezerras e novilhas leiteiras. A função desta nova ferramenta é detectar precocemente falhas que podem ocorrer no processo de criação, evitar o agravamento de doenças, minimizar as perdas e garantir um futuro produtivo e saudável para as novas vacas do rebanho. 

 

Para se beneficiar do programa é preciso que o produtor possua balanças eletrônicas da Intergado posicionadas estrategicamente em frente de bebedouros do piquete, além de brincos eletrônicos nos animais. Assim, toda vez que os animais bebem água, também são pesados e medidos. Os equipamentos também se encarregam de enviar os dados para a nuvem, disponibilizando em tempo real todas as informações no sistema da Intergado CriaTECH. 

 

Conforme a assessoria, o sistema fornece o peso e a altura de cada animal, projetando a curva de crescimento em todas as fases da criação. Dessa forma, é possível que os produtores consigam comparar as bezerras com o padrão da raça ou metas pré-estabelecidas na fazenda, facilitando a detecção precoce de falhas no desenvolvimento das fêmeas para reprodução. Outra vantagem está diretamente ligada ao tratamento de doenças, uma vez que a solução gera alertas que facilitam sua identificação ainda em fase inicial. 

 

A Intergado é uma startup que desenvolve e disponibiliza soluções de pecuária de precisão. “A Intergado tem como foco principal fazer a diferença na vida do produtor rural e proporcionar soluções completas que permitem aos produtores tomadas de decisões mais ágeis e precisas, contribuindo ao mesmo tempo para o bem-estar animal”, comenta Marcelo Ribas, diretor executivo da empresa. 

 

 

“Preocupados com o bem-estar e com o prejuízo que as doenças podem causar, produtores estão manejando suas bezerras a cada dois dias para medir temperatura retal com o objetivo de detectar febre e animais doentes e, assim, realizar o tratamento precocemente para melhorar a taxa de cura e minimizar as perdas no desenvolvimento. Apesar de eficiente, este manejo tem se mostrado muito trabalhoso, gerado custo adicional com mão-de-obra e estresse nos animais”, explica Ribas. 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix