Ponta Porã/MS, Sábado, 28 de Novembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020, 12h:35
Tamanho do texto A - A+

Curso prepara profissionais na aplicação de medicamentos na bovinocultura

Senar/MS oferta curso de Aplicação de Medicamentos em Bovinos

Laryssa Maier
Capital News

Kelly Ventorim / Governo de MS

Vacinação contra aftosa e brucelose é prorrogada

Vacinação

Estamos na semana que antecede o início da Campanha de Vacinação da Febre Aftosa, em 1º de novembro. Atento à demanda e ao nível de qualificação exigidos na dinâmica de imunização, o Senar Mato Grosso do Sul oferece gratuitamente o Curso de Aplicação de Medicamentos em Bovinos. A capacitação gratuita é o tema da editoria #EducaçãonoCampo desta quarta-feira (28).

 

A febre aftosa é uma patologia que acomete, entre outros animais, os bovinos e bubalinos. Apesar de não ter registro da doença no Brasil há mais de dez anos e uma cobertura vacinal de praticamente 99% nas últimas campanhas, manter o protocolo na dinâmica de imunização é essencial para a preservar e conquistar novos mercados, a partir de uma carne de qualidade, segurança alimentar e garantias sanitárias.

 

Cuidados com o armazenamento das doses e a aplicação da vacina são ensinados na capacitação gratuita do Senar/MS. “Os medicamentos devem ser conservados em temperaturas entre 2° e 8° centígrados. Já a aplicação correta deve ser feita na chamada ‘tábua’ do pescoço e alcançar a parte subcutânea, método padrão, independente do peso e tamanho”, esclarece o instrutor Wilson Pereira, acrescentando que os animais devem estar no tronco de contenção para melhor administração de medicamentos injetáveis.

 

Segundo assessoria, se engana quem pensa que os abscessos – os chamados ‘caroços’ - são causados pela injeção. “É mito. Cerca de 80% desses casos têm origem na falta de higiene com os itens utilizados como pistolas, dosificadoras e agulhas. Ferver o material e seguir os cuidados necessários é essencial no resultado final da aplicação de vacinas no rebanho”.

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix