Ponta Porã/MS, Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Quarta-Feira, 22 de Setembro de 2021, 17h:21
Tamanho do texto A - A+

Colheita do milho em MS está em fase de conclusão

Produção confirmada é de 6 milhões de toneladas

Lethycia Anjos
Capital News

Divulgação/Acrissul

Colheita do milho em MS está em fase de conclusão

Colheita do milho safrinha

Em Mato Grosso do Sul, a safra de milho 2020/2021 está praticamente concluída, faltando pouco mais de 1% das lavouras para finalizar a colheita. Dados do Boletim 425 do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA/MS), coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) em parceria com a Associação de Produtores de Soja (Aprosoja/MS), apontam que a estimativa de colheita é de 6,285 milhões de toneladas, o que equivale a uma diminuição de 40,8% da previsão inicialmente realizada.

 

Conforme a Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), a expectativa era colher mais de 9 milhões de toneladas de milho nesta safra, baseando-se no aumento da área plantada, que foi de 1,895 milhão de hectares para 2,003 milhões de hectares em um ano, e a possibilidade de se colher até 100 sacas por hectare, volume atingido na safra anterior. Contudo no decorrer do ciclo as lavouras sofreram com impactos de origem climática, como chuva de granizo e estiagem na fase de maturação da planta, o que resultou em uma queda brusca na produtividade, que deve ficar em média 52 sacas por hectare.

 

Técnicos apontam que em determinadas lavouras, foi possível identificar a perda total devido à estiagem e a queda de granizo. Devido ao alto custo com as máquinas, os produtores optam por gradear a cultura ao invés de colher, regiões Oeste, Centro, Sul e Sudeste possuem as piores condições das lavouras, e juntas correspondem a mais da metade da área plantada em MS.

 

Devido a queda de granizo no mês de maio, cerca de 6.890 hectares foram atingidos em Naviraí, 600 hectares em Amambai e 50 hectares em Coronel Sapucaia. Conforme dados do Projeto SIGA/MS, essas áreas registraram perda total da área plantada de milho.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix