Ponta Porã/MS, Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020, 15h:28
Tamanho do texto A - A+

Programa Reviva Mais Campo Grande visa investir em tecnologia

Também serão investidos em habitação e rota de ônibus

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/PMCG

Prefeitura lança programa com mais de R$ 1,3 bilhão de investimento

Prefeito e Vice prefeita

No lançamento do programa “Reviva Mais Campo Grande”, o qual aconteceu nesta sesta sexta-feira (27) o Prefeito afirmou que, ““Esse é o primeiro passo do Plano de Recuperação Econômica da nossa cidade, com mais de 1 bilhão e 300 milhões de reais investidos.”.

 

Será investido nos corredores do transporte coletivo, revitalizando a Rui Barbosa, Calógeras, Gury Marques e Marechal Deodoro. Os corredores garantem agilidade no transporte coletivo, que também será beneficiado com a reforma de todos os terminais de ônibus.

 

Mais de 2 mil famílias devem receber a casa própria, nos residenciais: Jardim Mato Grosso, Laranjeiras, Sírio Libanês I, II e III; Canguru; Amando Tibana; Aero Rancho CH 007 e CH 008 e Residencial Inápolis. A Prefeitura também entregará moradias na região central, com a construção de residencial para 800 famílias.

 

Na segurança pública, oito motocicletas, duas camionetes e uma van reforçarão a Guarda Municipal. Na saúde, a conclusão da construção das Unidades Básicas de Saúde da Família do Jardim das Perdizes, Jardim Presidente e Santa Emília.

 

Os pais também poderão contar com novas unidades de ensino com a conclusão das obras das EMEI’s Zé Pereira, Popular e Vila Nasser e escolas na Vila Nathália e no Parati.

 

A antiga rodoviária, no Centro de Campo Grande, será revitalizada. A Cidade do Natal passará por intervenção e se tornará um espaço permanente para exposição, e o Corredor Gastronômico da Bom Pastor será revitalizado.

 

A Prefeitura também investirá no desenvolvimento econômico com a conclusão das obras do Terminal Intermodal de Cargas de Campo Grande; construção de pontes de concreto na Zona Rural; regularização do Polo Empresarial Sul para atender mais de 35 empreendimentos; criação do Distrito Industrial de Campo Grande e Distrito Agroindustrial de Anhanduí e Rochedinho.

 

De acordo com a assessoria, investimentos em tecnologia vão melhorar o acesso a internet e garantir agilidade e eficiência ao serviço público com a implantação de mais de 70 mil metros de rede de alta velocidade em fibra óptica, interligando todas as unidades administrativas municipais.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix