Ponta Porã/MS, Domingo, 25 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 15 de Agosto de 2019, 13h:56
Tamanho do texto A - A+

Polo de Unidade Mista de Monitoramento Virtual é criado em Corumbá

O trabalho consiste na colocação e retirada de equipamentos

Adriana Ximenes
Especial para o Capital News

 Para ampliar o atendimento aos monitorados por tornozeleira eletrônica e aprimorar a fiscalização, a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) criou um polo da Unidade Mista de Monitoramento Virtual Estadual (UMMVE) em Corumbá. Os trabalhos consistem em colocação e retirada de equipamentos, manutenção e todo o suporte necessário para a monitoração eletrônica.

 

A  Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) criou um polo da Unidade Mista de Monitoramento Virtual Estadual (UMMVE) em Corumbá, para ampliação do atendimento aos monitorados por tornozeleira eletrônica. Os trabalhos consistem em colocação e retirada de equipamentos, manutenção e todo o suporte necessário para a monitoração eletrônica.

 

Com aproximadamente 170 habitantes o Município de Corumbá é a segunda  maior cidade de Mato Grosso do Sul com pessoas utilizando tornozeleiras, somente atrás de Campo Grande. Em decorrência disso, foi criado o polo em um prédio anexo ao Patronato Penitenciário da Cidade. UMMVE é primeiro do estado, as atividades deram início em janeiro no presídio de regime semiaberto, mas este mês começou em um novo local, com mais estrutura para o desenvolvimento dos trabalhos.

 

Segundo o diretor da UMMVE, Ricardo Teixeira, o novo polo de monitoramento em Corumbá contribui para a organização dos trabalhos, oferecendo respaldo e maior possibilidade de um serviço mais uniforme em sincronia com a sede da unidade na capital. “O monitoramento em si continua sendo feito exclusivamente em Campo Grande, mas o polo garante maior efetividade na fiscalização e oferece todo o suporte em ações relacionadas com a monitoração dos apenados, além de contar com servidores capacitados”, destaca.

 

Conforme a assessoria, as melhorias foram concretizadas com o empenho e trabalho conjunto dos servidores da área de Segurança e Custódia, agentes Ricardo Solis Baracat e Marlene Moreira Marmora, e contou com o apoio da diretora do Patronato Penitenciário de Corumbá, agente Giselle da Silva Marques de Barros. Em conjunto com o Patronato, o polo recebe o custodiado que acabou de progredir de regime, instala a tornozeleira eletrônica e já encaminha para o Patronato para verificar a questão de trabalho, apoio assistencial e outros assuntos pertinentes.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix