Ponta Porã/MS, Sábado, 28 de Novembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020, 13h:28
Tamanho do texto A - A+

Candidato pretende construir novas UPA’s e reativar Hospital da Mulher

As unidades de saúde municipais já existentes devem receber atualização

Laryssa Maier
Capital News

Luciana Nassar

Festa de Camapuã é incluída no Calendário do MS

Marcio Fernandes

O candidato a prefeito de Campo Grande pelo MDB, Marcio Fernandes, vai construir mais duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e reativar o Hospital da Mulher Vó Honória Martins Pereira, inaugurado na Moreninha III pelo ex-prefeito André Puccinelli (MDB), em 9 de março de 2000 e tinha 12 leitos para internação. 

 

“Campo Grande precisa voltar a ter saúde de qualidade que tinha em nossa gestão. Muitos se lembram do ex-prefeito André Puccinelli indo, de madrugada, nos postos de saúde para ver se os médicos estavam trabalhando. Vamos voltar com a fiscalização nas unidades, atualmente falta fiscalização e quem sofre é a população”, ressaltou o candidato Marcio Fernandes.

 

Segundo assessoria, em seu Plano de Trabalho, Marcio Fernandes, contempla Campo Grande como um todo e prevê a construção de UPA’s nos bairros Aero Rancho, o mais populoso da cidade, e no Nova Lima, onde a população busca atendimento no Centro Regional de Saúde (CRS) do Nova Bahia ou no UPA Cel. Antonino.

 

“Essas unidades acabam lotando por conta da demanda da região. Para desafogar os postos existentes, vamos construir duas unidades. Também vamos elaborar o projeto para construção do Hospital Municipal de Campo Grande, com capacidade para 100 leitos, e encaminhar para financiamento pelo Ministério da Saúde. Queremos, e vamos, implantar a medicina 4.0, que integra ferramentas tecnológicas à medicina, envolvendo profissionais qualificados e mecanismos automatizados que possibilitam o tratamento e a monitorização da saúde do paciente à distância”, destaca Marcio Fernandes.

 

Além da construção de novos prédios, as unidades de saúde municipais já existentes devem receber atualização de todos os equipamentos de informática utilizados na Rede de Assistência à Saúde de Campo Grande.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix