Ponta Porã/MS, Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019, 10h:35
Tamanho do texto A - A+

Assembleia lança o Projeto de Lei no Combate à Depressão e ao Suicídio

O objetivo do Projeto de Lei é informar as causas da doenças e incentivar a busca pelo diagnóstica e prevenção

Adriana Ximenes
Especial para o Capital News

Divulgação/ Luciana Nassar

Assembleia lança o Projeto de Lei no Combate à Depressão e ao Suicídio

Combate à Depressão e ao Suicídio

A Assembléia Legislativa de Campo Grande, lança no plenarinho Nelito o Combate à Depressão e ao Suicídio nesta quarta-feira (21) às 14h30, coordenada pelo deputado estadual Marçal Filho (PSDB).

 

Conforme o Ministério da Saúde, Mato Grosso do Sul  tem nove mortes por suicídio em cada 100 mil habitantes, o que coloca o Estado em terceiro no ranking nacional com as maiores taxas de mortalidade desde 2015. Diante dos números preocupantes e que também assola o País, foi implementado no mês de abril o comitê estadual para atuar articulação de medidas destinadas a ampliação das ações de prevenção do suicídio e promoção da saúde mental. 

 

A Frente parlamentar também vai atuar no combate a depressão, doença que, até 2020, conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), será a mais incapacitante do planeta. Somente no Mato Grosso do Sul, a depressão ea ansiedade geraram 3.037 pedidos de afastamento do trabalho, em 2018, junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O número é 24,41% maior do que em 2017, quando 2.441 pessoas pediram para serem afastadas do trabalho pelos transtornos.

 

Para fortalecer a luta, tramita na Assembleia Legislativa Projeto de Lei de Marçal Filho que institui a “Campanha permanente de informação, prevenção e combate à depressão” em Mato Grosso do Sul. A proposta busca manter de forma constante e ativa as ações de combate à doença. Segundo a OMS, mais de 350 milhões de pessoas sofrem com transtornos em todo o mundo.

 

Os objetivos do Projeto de Lei são o de ampliar a informação e o conhecimento sobre a depressão, suas causas, sintomas, os meios de prevenção e de tratamento, incentivar a busca pelo diagnóstico e tratamento dos pacientes e combater o preconceito que cerca à depressão.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix