Ponta Porã/MS, Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 08h:45
Tamanho do texto A - A+

Servidor público federal é preso por tráfico de drogas

Ação foi realizada pela Deco; autor transportava entorpecente em veículo oficial

Elaine Silva
Capital News

Divulgação

Servidor público federal é preso por tráfico de drogas

Entorpecente era armazenado em caixas de isopor

O servidor  público federal C.P. de M. de 54 anos, foi preso pela Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deco), em flagrante na noite desta terça-feira (27) por tráfico de drogas. Caso aconteceu nas proximidades de Anhadui.

Divulgação

Servidor público federal é preso por tráfico de drogas

Autor usava um veículo oficial para passar despercebido

 

Ação foi realizada após denúncias de que o acusado estava transportando grande quantidade de entorpecente em uma viatura oficial. A droga estava sendo transportada em uma camionete oficial L200 Triton de uso exclusivo e em serviço da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI/FUNAI). Os policiais encontraram aproximadamente 300 quilos de maconha, camuflados em isopores e dispostos na carroceria do veículo oficial e cobertos por lona. 

 

O acusado já conta com quase 30 anos de serviços prestados ao órgão de atenção indígena, tinha como rotina a designação para atendimento de saúde das comunidades indígenas da região de Dourados, conforme a informações da Deco.

Divulgação

Servidor público federal é preso por tráfico de drogas

Prisão aconteceu proximo a Anhandui

 

O servidor público mantinha por cerca de uma semana na cidade e aproveitava dessa oportunidade para durante o período vespertino deslocar se com o veículo oficial até a fronteira localizada entre Ponta Pora e Pedro Juan Cabalero, onde carregava o entorpecente e imediatamente o trazia até Campo Grande, descarregando em local definido e, de imediato, retornava a estrada novamente até Dourados, onde mantinha-se hospedado durante a missão semanal, retomando seus afazeres sem chamar a atenção, modus operandi que mantinha, segundo apurado, semanalmente, prática essa mantida já de longa data e quem vendo sendo apurada pela equipe de investigação.

 

O acusado praticava o crime aproveitando-se da facilidade de trafegar pelas rodovias sem abordagens ou mesmo chamar atenção por estar utilizando se de veículo oficial e caracterizado. Ele foi preso e encaminhado para a Polícia Federal

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix