Ponta Porã/MS, Sexta-Feira, 20 de Maio de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 10 de Maio de 2022, 15h:31
Tamanho do texto A - A+

Promotor que atuava na Fronteira é assassinado durante lua de mel

Marcelo Pecci estava com a esposa quando foi atacado por criminosos

Rogério Vidmantas
Capital News

Divulgação

Promortor Marcelo Pecci

Marcelo Pecci morto na Colômbia nesta terça

 

O promotor especializado e atuante contra o crime organizado no Paraguai, Marcelo Pecci, que estava em lua de mel na Colômbia, foi executado a tiros no final da manhã desta terça-feira (10). Os autores da execução estavam em jet skis surpreendendo a vítima na praia da cidade de Cartagena das Índias e em seguida fugiram. A esposa de Marcelo, Claudia Aguilera, que está grávida, saiu ilesa. Eles se casaram no dia 30 de abril.

 

Marcelo Pecci investigou casos de grande repercussão relacionados ao tráfico de drogas. Nos últimos meses, esteve à frente de ações ligadas a Operação Ultranza Paraguai, a maior operação antidrogas da história do país.

 

Um deles vitimou o empresário Mauricio Schwartzman, que trabalhava em uma organização criminosa do investigada no âmbito da operação. Também foi responsável pela investigação do assassinato de Mariano Roque Alonso de Fátima Rejala, a mulher que teria trabalhado para o clã Insfrán, também investigado na Operação Extrema.

 

Autoridades paraguaias devem viajar ainda hoje para a Colômbia onde acompanharão os trâmites para o traslado do corpo e investigações sobre a execução.

Divulgação

Promotor assassinado

Esposa do promotor Marcelo Pecci escapou ilesa do crime

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix