Ponta Porã/MS, Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 17h:13
Tamanho do texto A - A+

Polícia Militar e Guarda Municipal se desentendem novamente

Caso aconteceu em uma abordagem na Avenida Afonso Pena

Elaine Silva
Capital News

 

Google Street View/Reprodução

Del de Pronto Atendimento Comunitário (Depac)

Del de Pronto Atendimento Comunitário (Depac)

 

Mais um desentendimento entre a Polícia Militar e a Guarda Municipal foi registrada. Desta vez um tenente coronel da polícia militar acusou os Guardas Municipais de supostamente agiram com abuso de poder e usurpação de função pública ao abordar dois jovens, no último sábado (14) na Avenida Afonso Pena, área central de Campo Grande. 

 

Segundo o boletim de ocorrência o tenente acusou os guardas municipais por terem agido com abuso de poder. Os jovens de 32 e 21 anos relataram que foram ameaçados pelos agentes. 

 

Todo o caso começou quando os guardas abordaram a dupla, durante a vistoria o tenente parou em um carro descaracterizado e teria dito que os guardas estavam usurpando função, e que os dois homens não seriam suspeitos de nenhum crime.

 

Já os guardas envolvidos relataram que estavam realizando patrulhamento na região central com o objetivo de evitar o furto de fios de cobre e a depreciação do patrimônio público, quando avistaram os dois ‘moradores de rua’, no canteiro central, pedindo dinheiro para os motorista e ao ver a viatura tentaram fugir. Eles ainda relatam que ambos confessaram passagem por roubo.

 

Os dois ‘suspeitos’ foram levados na delegacia pelo tenente. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da região central e será investigado.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix