Ponta Porã/MS, Domingo, 09 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 15h:57
Tamanho do texto A - A+

Juiz revoga prisão de Jamil Name por porte de arma

Decisão foi publicada na segunda-feira no Diário Oficial da Justiça

Elaine Silva
Capital News

 

EsporteMS

Jamil Name

Jamil Name

 

Por meio do Diário Oficial da Justiça, na última segunda-feira (11) o juiz da 2ª Vara Criminal de Competência Residual de Campo Grande decidiu revogar a prisão em flagrante por posse e porte ilegal de arma de fogo do empresário e pecuarista Jamil Name, apontado pela Operação Omertà como líder de milícia armada. As investigações começaram em maio deste ano, após a apreensão de um arsenal em poder do guarda municipal Marcelo Rios.

 

Mesmo com a decisão, Name, permanecerá preso por força de outras ordens judiciais, no Presídio Federal de Mossoró. Conforme a publicação “concedo o benefício da liberdade provisória ao requerente Jamil Name da alegada prática do crime de posse de carregador de pistola e porte (ceder) de espingarda calibre 12 municiada”, diz a decisão. 

 

Essa foi a primeira vez que Name conseguiu reverter uma decisão a seu favor após a Operação Omertà, quando ele e o filho, Jamil Name Filho, foram presos por envolvimento em crimes de homicídio em Campo Grande. Ao todo foram seis pedidos realizados pela defesa. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix