Ponta Porã/MS, Sábado, 22 de Janeiro de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 14 de Janeiro de 2022, 09h:37
Tamanho do texto A - A+

Irmão de policial executou viúva por herança

Após a morte do marido a vítima começou a ter problemas com os familiares que queriam os bens do casal

Elaine Silva
Capital News

Ponta Porã News

Irmão de policial executou viúva por herança

Maricela e Jorge

Herança seria o motivo da execução de Maricela Rojas Giménez, de 26 anos, na tarde desta quinta-feira, (13), em Pedro Juan Caballero, viúva do policial Jorge Ortega García, 28 anos. 

 

Em entrevista à imprensa, a Agente Fiscal Reinalda Palácios, revelou que Maricela foi executada por seu cunhado Gerardo Ortega García. Conforme o site Ponta Porã News, o crime teria sido motivado por uma disputa de herança. 

 

Geraldo já está preso, assim como a mãe dele, Sueli Garcia, 45 anos, capturada em um hospital e levada para a sede da polícia.

 

A partir da morte do marido a mulher passou a ter problemas e sofrer ameaças por parte do cunhado, sogra e outros parentes que tentavam se apoderar dos bens do então casal.

 

Jorge foi executado a tiros no dia 27 de setembro do ano passado no Jardim Aurora, em Pedro Juan Caballero.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix