Ponta Porã/MS, Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019, 12h:58
Tamanho do texto A - A+

Estuprador demonstra frieza ao confessar crime

José Maria agia sempre da mesma forma antes de cometer os crimes

Elaine Silva
Capital News

 

Elaine Silva/Capital News

Após estupro de irmãs, mais duas vítimas são identificadas

Delegada Anne Karine

“Ele é um estuprador mesmo, ele não é um abusador. Ele é uma pessoa muito fria, ele faz para satisfazer a lascívia dele”, informa a delegada Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) Anne Karine,sobre José Maria Rodrigues Pereira, 41 anos, acusado de abusar de quatro meninas, até o momento, em Mato Grosso do Sul.

Divulgação/GCM

Acusado de estuprar irmãs é preso

José Maria foi encontrado na Avenida Guaicurus

 

Segundo a delegada Faustão tinha o Modus Operandi, ele observar se a casa estava sozinha e depois disso invadir a residência para cometer os estupros e os roubos. Ele sempre busca por casas com adolescentes e crianças, que ficavam sozinhas no imóvel. 

 

José vai ser indiciado por estupro no caso da adolescente de 16 anos, estupro de vulnerável no caso da menina de 13 anos, lesão corporal dolosa pela agressão ao bebê de 1 anos, e roubo com restrição de liberdade das vítimas, além de produção de material pornográfico por ter filmado o estupro contra a garota.

 

Crime 

José Maria foi preso na sexta-feira (13) depois de ter estuprado duas irmãs e agredido um criança de um ano no Jardim Colorado, em Campo Grande. Ele já tem registro pelo mesmo crime desde 1998, quando amarrou e estupro uma mulher em Cassilândia. Faustão também havia roubado R$ 30 mil da residência. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix