Ponta Porã/MS, Domingo, 25 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Segunda-Feira, 27 de Maio de 2019, 10h:48
Tamanho do texto A - A+

Dinamite apreendida seria usada para liberar presos do PCC

Explosivos também seriam usados para assaltos em bancos pelo Brasil

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/Porã News

Dinamite apreendida seria usada para liberar presos do PCC

Explosivos seriam usados na para liberar presos do PCC

A Polícia Nacional do Paraguai apreendeu 76 quilos de explosivos que seriam usados para libertar presos do Primeiro Comando da Capital (PCC) na região da fronteira e também para assaltar vários bancos pelo Brasil. O acusado receberia R$ 40 mil para levar as dinamites até uma região próxima a fronteira. Ao todo foram apreendidos 54 unidades do explosivo em gel. 

 

A dinamite estava em poder de Emiliano Ortega Averalos, 27 anos, preso ao descer de um ônibus na região Colônia Naranjat. A Polícia Nacional já investigava o caso e sabia da movimentação da carga de San Pedro a Pedro Juan Caballero. 

 

Emiliano desceu do ônibus, ao perceber que havia forte policiamento na área. EM depoimento ele relatou que entrou em contato com os contratantes para fazer o resgate dos explosivos, mas ele foi preso antes.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix