Ponta Porã/MS, Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 14h:57
Tamanho do texto A - A+

Criança atropelada passa por cirurgia na Capital

Menino está internado na CTI pediátrico da Santa Casa

Elaine Silva
Capital News

Ricardo Minella/SES

Santa Casa

Condutor do carro prestou depoimento e foi autuado por lesão corporal culposa

Após ser atropelado pelo vizinho, um menino de dois anos, está internado no CTI pediátrico em recuperação do procedimento cirúrgico pela neurocirurgia e plástica.  

A criança foi atropelada no domingo (11) pelo vizinho de 21 anos, que não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O caso ocorreu no bairro Guatós, parte alta da cidade. Conforme o site Diário Corumbaense, o pai relatou que estava com o filho em sua casa, e que num determinado momento saiu, atravessou a rua para levar a chave de uma caminhonete a uma pessoa e que a criança teria ido junto. Ele ficou conversando com a pessoa e de repente escutou um grito e percebeu que era o seu filho. Ele se virou e viu o menino já embaixo do carro do vizinho sendo arrastado, momento que gritou e o motorista parou o veículo.

Com graves ferimentos, o menino foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que fica no bairro, passando pela emergência. A criança teve um corte profundo entre a boca e o nariz; o lado direito da cabeça e a orelha apresentavam sérias lesões. O garoto ainda tinha escoriações nos braços e pelo corpo e devido a gravidade do caso, foi encaminhado para a Capital do Estado com urgência.

O condutor do carro prestou depoimento e foi autuado por lesão corporal culposa na direção de veículo automotor. Ele disse que estava mexendo no celular e que ao guardar o aparelho, saiu com o carro e não viu o garoto, que acabou sendo atropelado e arrastado.  

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix