Ponta Porã/MS, Terça-Feira, 28 de Setembro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 28 de Julho de 2021, 14h:06
Tamanho do texto A - A+

Corpo de adolescente torturado e executado é encontrado na Fronteira

Crime supostamente foi cometido pelos ‘justiceiros da fronteira’

Elaine Silva
Capital News

Marciano Cândia/Ponta Porã News

Corpo de adolescente torturado e executado é encontrado na Fronteira

Corpo foi encontrado nesta quarta

Corpo de um adolescente de 17 anos foi encontrado na manhã desta quarta-feira (28) com as mãos e pés amarrados. A vítima ainda tinha as mãos, a garganta e parte do peito cortados com vários golpes de faca. Corpo foi localizado na rua Carolina fração II da Colônia República em Pedro Juan Caballero, Paraguai, fronteira com Ponta Porã, após denúncia. 

Divulgação/Ponta Porã News

Corpo de adolescente torturado e executado é encontrado na Fronteira

Bilhete deixada pelos 'justiceiros'

 

No local onde o corpo foi deixado, os agentes da Polícia Nacional encontraram um cartaz com a frase: “Os vigilantes estão de volta. Observe que vamos atrás de todos. Isso é apenas o começo. Morte aos ladrões”. 

 

As investigações apontaram que a vítima estava na noite desta terça-feira (27), na casa de uma amiga no bairro Jardim Aurora, quando chegaram homens encapuzados e fortemente armados no local e perguntaram pela pessoa identificada como Kadau. Algumas pessoas se esconderam no banheiro e quando saíram não viram a vítima. De acorod com o site Ponta Porã News, o corpo do adolescentes apresentava sinais de tortura e teve parte da pele desde a barriga até a orelha esquerda arrancada, por um instrumento cortante e parte dos ossos e órgãos internos estavam á mostra.

 

Outro caso

Este foi o segundo caso em que foi deixado um cartaz atribuindo o crime aos justiceiros da fronteira. Na noite de segunda-feira (26), um  casal foi morto com mais de 43 tiros de sub-metralhadora 9 mm em uma choperia no centro de Pedro Juan Caballero.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix