Ponta Porã/MS, Domingo, 15 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 17h:54
Tamanho do texto A - A+

Marta faz gol histórico e Brasil avança na Copa do Mundo

Seleção venceu a Itália e vai para as oitavas de final como uma das quatro melhores terceiras colocadas

Renato Giansante
Capital News

Divulgação/CBF

Marta faz gol histórico e Brasil avança na Copa do Mundo

Marta se tornou a maior artilheira das copas com o gol de pênalti nesta terça-feira

Com direito a gol histórico de Marta, que se tornou a maior artilheira das copas, entre homens e mulheres, o Brasil derrotou a Itália por 1 a 0 na tarde desta terça-feira (18) no Stade du Hainaut, em Valenciennes, na França, e se garantiu nas oitavas de final da Copa do Mundo Feminina.

A seleção, porém, ficou com os mesmos seis pontos de Itália e Austrália no Grupo C, mas perdeu no saldo de gols para ambas e se garantiu como uma das quatro melhores terceiras colocadas. A próxima adversária será a anfitriã França ou a poderosa Alemanha. A definição acontece apenas com o fechamento da primeira fase.

O jogo
Em ritmo intenso, a Seleção Brasileira tentou controlar as ações. Com as linhas avançadas, o Brasil chegou a pressionar a saída de bola e sondar a área das adversárias, mas foi a Itália que criou primeira grande chance. Aos quatro minutos, Bárbara se esticou toda e espalmou o chute rasteiro de Bonansea. A Seleção manteve a postura ofensiva e emplacou uma blitz com uma sequência de quatro escanteios consecutivos aos 16 minutos. Na primeira cobrança de Marta, Debinha antecipou a marcação, emendou de letra e por pouco não surpreendeu a goleira Giuliani, que pegou no susto. Na segunda tentativa, Marta cobrou fechado e quase anotou um gol olímpico. Aos 39 minutos, Bárbara levou a melhor novamente para cima da atacante Bonansea e parou o contra-ataque italiano.

A Seleção Brasileira voltou pressionando as italianas. Logo aos seis minutos, Andressinha ficou muito perto de abrir o marcador em cobrança de falta, mas a bola explodiu no travessão. Aos 10, Kethellen subiu mais alto que as adversárias e, de cabeça, assustou a goleira Giuliani, que viu a bola tirar tinta da trave. Com maior volume de jogo, o Brasil continuou em cima e chegou ao gol da vitória aos 28 minutos. Após Debinha ser derrubada na área, Marta mostrou categoria para definir a partida e entrar para a história dos Mundiais ao alcançar a marca de 17 gols na competição.

Marta na história
O gol marcado diante da Itália levou a camisa 10 ao posto de maior artilheira da história da Copa do Mundo, entre homens e mulheres. No torneio feminino, a Rainha já balançou as redes em 17 ocasiões, uma a mais que o alemão Miroslav Klose na disputa masculina.

Na lista de artilheiras, Marta é seguida pela alemã Birgit Prinz e a americana Abby Wambach, ambas com 14 gols e já aposentadas. Na sequência está a também americana Michelle Akers, que disputou seu último Mundial em 1999, com 12 gols, A única ainda em atividade dentre as principais goleadoras é Cristiane, que tem os mesmos 11 gols de Sun Wen (China) e Bettina Wiegmann (Alemanha).

As artilheiras da Copa do Mundo feminina:
- Marta - 17 gols
- Birgit Prinz (ALE) e Abby Wambach (EUA) - 14 gols
- Michelle Akers (EUA) - 12 gols
- Cristiane, Sun Wen (CHI) e Bettina Wiegmann (ALE) - 11 gols

Os artilheiros da Copa do Mundo masculina:
- Miroslav Klose (ALE) - 16 gols
- Ronaldo - 15 gols
- Gerd Muller (ALE) - 14 gols
- Just Fontaine (FRA) - 13 gols
- Pelé - 12 gols

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix