Ponta Porã/MS, Sábado, 19 de Setembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 12h:53
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Juiz rejeita denúncia contra Santa Cruz por chamar Moro de “chefe de quadrilha”

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Eugênio Novaes/OAB

ColunaMarcoEusébio

Para juiz de Brasília, Santa Cruz 'não teve intenção de caluniar o ministro da Justiça' Sérgio Moro

O juiz Rodrigo Parente Bentemuller, da 15ª Vara Federal do DF, rejeitou ontem a denúncia do Ministério Público Federal contra o presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, acusado de cometer crime de calúnia por ter dito à Folha de S.Paulo que o ministro Sérgio Moro (Justiça) "banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas", ao falar sobre a investigação do ataque de hackers a celulares de integrantes da Lava Jato. Para o juiz, não há "qualquer indício" de que Santa Cruz "tenha agido com o intuito de ofender a honra do magistrado". Conforme o Estadão, o magistrado citou que o próprio Santa Cruz divulgou nota alegando que não quis "ofender a honra" do ministro. "Assim, demonstra-se cabalmente que o denunciado não teve intenção de caluniar o ministro da Justiça, imputando-lhe falsamente fato criminoso, mas sim, apesar de reconhecido um exagero do pronunciamento, uma intenção de criticar a atuação do ministro", afirmou o juiz, que considerou "descabido" o pedido do MPF de afastar o presidente da OAB.

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

 

 



 


 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix