Ponta Porã/MS, Sábado, 19 de Setembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 12h:23
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Em discurso, Bolsonaro volta a reclamar da imprensa: “Tomem vergonha na cara”

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Alan Santos/PR

ColunaMarcoEusébio

Bolsonaro durante evento no Planalto: 'Deixem o nosso governo em paz, pra poder levar paz, tranquilidade e harmonia ao nosso povo'

Jair Bolsonaro voltou a reclamar da imprensa ao discursar em evento ontem no Planalto. Um dia depois de a Folha de S.Paulo ter divulgado que a empresa do secretário de Comunicação (Secom), Fabio Wajngarten, responsável por direcionar recursos de propaganda do Planalto, mantém contratos com emissoras de televisão e agências de publicidade que atendem o governo, Bolsonaro: "Essa imprensa que está aqui agora me olhando: estou sob suas lentes. Comecem a produzir verdades. Porque só a verdade pode nos libertar. À essa imprensa, não tomarei nenhuma medida para censurá-la, mas tomem vergonha na cara. Deixem o nosso governo em paz, pra poder levar paz, tranquilidade e harmonia ao nosso povo". Ao voltar para o Palácio da Alvorada aós a solenidade, Bolsonaro desceu do carro dizendo que os repórteres deveriam ouvir o discurso que havia feito minutos antes e por isso não falaria à imprensa: "Eu gosto de vocês, mas os editores de vocês..." Um repórter da Folha pergunto se ele sabia dos contratos da empresa do secretário. Bolsonaro rebateu: "Tá falando da sua mãe?" O repórter respondeu: "Não, estou falando do secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten". Bolsonaro não respondeu mais e passou a cumprimentar apoiadores. Nesta sexta-feira, a Folha volta a exibir o assunto como manchete de capa com o título "Na chefia da Secom, Wajngarten esteve 67 vezes com clientes". Bolsonaro postou no Twitter o vídeo abaixo com trecho de seu discurso.

 

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

 

 



 


 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix