Ponta Porã/MS, Sexta-Feira, 17 de Novembro de 2017 | 14:19
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Sexta-Feira, 04 de Novembro de 2016, 15h:10
Tamanho do texto A - A+

Produtores recebem incentivos de R$2,5 milhões para a plantação de Erva-Mate

O Parque Tecnológico Internacional recebeu R$ 300 mil para a plantação de Eucalipto

Flavia Andrade
Capital News

A retomada do plantio de erva-mate na região da fronteira é uma luta antiga que resgata um produto que faz parte da cultura local do tereré e do chimarrão. Os recursos deverão ser utilizados na capacitação técnica de profissionais e produtores, infraestrutura específica da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), compra de mudas de erva-mate e eucalipto (sombrear), e insumos.

Érico Melo

Foto ilustrativa de porteira, fazenda, sítio, chácara, estância, rural, agronegócio

 Produtores recebem incentivos de R$2,5 milhões para a plantação de Erva-Mate


 O Senador Waldemir Moka (PMDB) informou o prefeito eleito de Ponta Porã, arquiteto Hélio Peluffo, sobre a liberação da verba a região. Segundo prefeito eleito, “Ponta Porã é conhecida como a Princesinha dos Ervais porque aqui havia uma grande abundância de erva nativa”.

O Senador Moka idealizador da proposta disse que não adianta apenas dar muda para o produtor. “Sobre isso nós temos experiência e sabemos que não adianta. Tem que dar a muda e tem que ter extensão rural para orientar. Hoje não se planta erva sozinho, é importante ter um consórcio”.

Estudos apontam que um hectare de erva-mate pode gerar renda de R$ 10 mil e não é difícil plantar dois hectares, podendo representar uma bela renda aos produtores da região.      

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix