Ponta Porã/MS, Sexta-Feira, 17 de Novembro de 2017 | 14:19
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Terça-Feira, 18 de Abril de 2017, 17h:58
Tamanho do texto A - A+

Produção de erva-mate é tema das palestras em Ponta Porã

O evento visa fomentar o cultivo da erva-mate em Mato Grosso do Sul, que produz em média sete toneladas por hectare a cada dois anos

Alline Gois
Capital News

Divulgação/Embrapa

Estado volta a produzir erva-mate a partir de 2017

O Programa Mais Florestas irá oferecer três palestras que visam levar informações ao produtor rural

Mato Grosso do Sul produz em média sete toneladas de erva-mate por hectare a cada dois anos, segundo o presidente do Sindicato das Empresas Produtoras de Erva-Mate de MS (Sindimate), Paulo Cesar Benites. No cenário atual, o Estado tem 300 hectares de área plantada e apenas 11 empresas produtoras. Para fomentar o mercado, a Senar/MS oferecerá no dia 28 de abril, às 8h, no sinticado Rural de Ponta Porã, mais uma etapa do Programa Mais Floresta com o tema Produção de Erva-Mate e Produção de Bambu – Novas Oportunidades de Negócios.

Os números ainda são baixos, e de acordo com Benites, “o custo maior da erva-mate comercializada em todo o Estado está no transporte, já que a maior quantidade das empresas compra do Paraná, e o frete e os impostos encarecem o produto”, expõe.

Para incentivar o cultivo e levar informações para os produtores aumentar a produtividade por hectare, o Senar/MS, em parceria com a Embrapa Florestas, Agraer, Sebrae, Embrapa Agropecuária Oeste, Embrapa Gado de Corte e Sindimate, irão oferecer, durante o Programa Mais florestas, três palestras que visam levar informações ao produtor rural. A ação objetiva apresentar aos produtores o programa Erva-20 da Embrapa Florestas, para que estes saibam como andam as pesquisas realizadas pela Embrapa Agropecuária Oeste e o programa de incentivo desenvolvido pela Agraer que abrange 11 municípios da região sul do estado.

O pesquisador da Embrapa Florestas e Chefe-adjunto para Transferência de Tecnologia, Vanderley Porfírio da Silva, afirmou que a ação é uma oportunidade da qual pretendem abrir negociações com entidades e instituições com atuação no Estado. Com isso, visam contribuir jem programas de transferência de tecnologia para o cultivo de erva-mate em Mato Grosso do Sul, incluindo a validação de novas cultivares recentemente desenvolvidas.

Erva-20
O programa Erva-20 foi criado para levar ao produtor rural informações em relação ao cultivo da erva-mate. No evento, o Analista da Embrapa Florestas, Ives Goulart, apresentará o sistema de produção Erva-20, que está em desenvolvimento na Embrapa Florestas.

O projeto irá auxiliar o produtor a elevar o patamar de produtividade e qualidade dos ervais.  "Percebemos que os produtores podem adotar ajustes de manejo nos seus ervais, com soluções tecnológicas desenvolvidas pela Embrapa Florestas, que vão ajudar a cadeia produtiva a dar um salto para novos mercados", pontuou Goulart.
Para mais informações acesse o site do evento: http://senarms.org.br/projetos/mais-floresta/?utm_campaign=texto_sobre_erva-mate&utm_medium=email&utm_source=RD+Station
A inscrição é gratuita.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix