Ponta Porã/MS, Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sábado, 13 de Julho de 2019, 12h:31
Tamanho do texto A - A+

Reforma da Previdência será votada em 2º turno a partir de 6 de agosto

Segundo Rodrigo Maia, “o adiamento da votação não representa derrota”, afirma.

Flavia Andrade
Capital News

Reprodução/Agência do Rádio

Reforma da Previdência poderá ser votada entre os dias 27 e 28 de março

Presidente da Câmara afirma que Reforma será apreciada em Agosto

 

A Reforma da Previdência teve a votação adiada para o segundo semestre, com data marcada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para o dia 6 de agosto, assim que recomeçar o semestre legislativo. A previsão, segundo o presidente, é concluir esta etapa no dia 8.

 

Ainda conforme Maia, “o adiamento da votação para o segundo semestre não representa uma derrota. O mais importante foi terminar o primeiro turno da proposta neste semestre e isso foi cumprido. Ninguém é sozinho o dono da pauta da Câmara. É uma construção suprapartidária, e foi o que se construiu: se eu tivesse anunciado a votação do segundo turno na próxima semana, a oposição teria feito uma obstrução e a gente não teria votado os destaques”, afirma.

 

O presidente destaca ainda que, “o adiamento possa fazer com que parlamentares mudem de ideia e votem contra a reforma no segundo turno. Segundo ele, o fato de o texto principal ter apoio de 74% da Casa demonstra que a sociedade influenciou o resultado. Alguns podem mudar de ideia a favor da reforma. Nenhuma reforma tem esse resultado sem o apoio da sociedade, é um tema muito polêmico.

 

A gente não pode achar que é dono do Parlamento. Quando acha que é dono do Parlamento e pode ter as nossas vitórias sozinhas, deixamos de ser democratas e passamos a ser autoritários”, conclui.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix