Ponta Porã/MS, Sábado, 20 de Outubro de 2018 | 09:19
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Domingo, 20 de Maio de 2018, 09h:30
Tamanho do texto A - A+

Traficante tenta tomar arma de policial ao ser preso e leva tiro

Foram apreendidos 2 mil quilos de maconha; a 2ª grande apreensão do fim de semana

Laura Holsback
Capital News

Depois da apreensão recorde de policiais militares rodoviários estaduais na noite de sexta-feira (18), em que 3,1 toneladas de maconha foram interceptadas em Amambai, policiais, desta vez rodoviários federais, interceptaram carga de 2 mil quilos da droga. O flagrante foi ontem (19), na BR-463, em Ponta Porã, e ao ser preso o traficante tentou tomar a arma do policial

 

Divulgação/PRF

Traficante tentar tomar arma de policial ao ser preso e leva tiro

Droga era levada debaixo de madeiras

De acordo com informações, equipe atuava em fiscalização de rotina na Unidade Operacional quando abordou o condutor de um caminhão baú, com placas de Osasco (SP). 

 

Aos policiais, o homem, de 57 anos, informou que o veículo era alugado para trabalhar. Ele assumiu que já havia estado preso por homicídio, cometido em 2006, e contou que foi até a cidade de Ponta Porã para levar uma mudança de São Paulo.

 

Ainda conforme os relatos, o homem disse que chegou ao município na sexta-feira e que permaneceu até ontem, procurando frete para retorno. Não encontrando, adquiriu alguns palets e caixas de madeira para vender na cidade onde mora. 

 

Desconfiados de que o motorista transportava algum ilícito, policias questionaram novamente sobre a viagem e ele que ficou bastante nervoso e inquieto. De repente o homem sai correndo em direção ao fundo da Unidade Operacional para fugir. Mas foi alcançado e quando era dominado tentou pegar a arma do policial que reagiu com um tiro. 

 

O homem foi atingindo em uma das pernas e ele precisou ser levado ao Hospital Regional de Ponta Porã.

 

Em buscas dentro do baú do caminhão, debaixo dos palets e caixas de madeira, foram localizados vários fardos de maconha e skunk, que estavam cobertos por uma lona plástica preta. A maconha totalizou 1.911 e o skunk 300 quilos. 

 

Questionado sobre a droga, o condutor confessou que havia sido contratado para pegar a maconha no Paraguai e que a levar até São Paulo, onde entregaria para uma pessoa que o procuraria e faria o pagamento pelo transporte.

 

A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal em Ponta Porã.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix