Ponta Porã/MS, Terça-Feira, 23 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 06 de Junho de 2019, 18h:09
Tamanho do texto A - A+

PRF apreende maconha em Ponta Porã e cocaína em Maracaju

Equipes tiveram apoio do Exército e Gaeco de Minas Gerais durante os flagrantes dessa quarta-feira

Renato Giansante
De Dourados para o Capital News

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez duas grandes apreensões de drogas nesta quarta-feira (5) em pontos distintos no sul de Mato Grosso do Sul e contou com apoios do Exército, em um flagrante, e do Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado de Minas Gerais (Gaeco), no outro.

 

Em Ponta Porã, a ação teve auxílio do Exército para apreender 238,7 kg de maconha na rodovia BR-463. Durante procedimentos da Operação Lábaro, a equipe policial recebeu informações do Exército Brasileiro de que um veículo, modelo Chevrolet Astra, de placas de Santa Catarina, havia desobedecido uma ordem de parada efetuada pelos militares e fugido. A equipe seguiu atrás do veículo e encontrou abandonado. O condutor conseguiu fugir a pé, adentrando numa plantação de milho e não sendo localizado.

 

Já em Maracaju, com apoio do Gaeco-MG, a PRF encontrou 210 kg de pasta base de cocaína em um uGM/Agile, com placas de Campo Grande, próximo à entrada da cidade. O motorista, de 24 anos, confessou estar transportando drogas dentro de quatro malas sobre o banco traseiro e no porta-malas.

 

Durante o flagrante, os policiais ouviram um rádio amador em funcionamento, onde outro homem chamava por ele. Alguns quilômetros à frente, a equipe abordou um Fiat/Uno com placas de Campina Grande do Sul (PR). O condutor, de 25 anos, negou que estivesse fazendo o serviço de batedor para o Agile, porém foi localizado, escondido no interior do painel, outro rádio amador em funcionamento. Os presos, os veículos e o entorpecente foram encaminhados à Polícia Civil em Maracaju.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix