Ponta Porã/MS, Terça-Feira, 21 de Maio de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 13 de Março de 2019, 15h:12
Tamanho do texto A - A+

Polícia brasileira investiga caso de médico que espancou ex-namorada na fronteira

Vítima foi brutalmente agredida após negar reatar relacionamento, e foi obrigada a sair da cidade

Caroline Carvalho
Capital News

Reprodução/Amambay News

Polícia brasileira investiga caso de médico que espancou ex-namorada na fronteira

Jovem que foi estudar medicina no Paraguai foi brutalmente agredida pelo ex-namorado professor.

Caso é investigado como tentativa de feminicídio

Policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Ponta Porã, com o apoio da Delegacia de Atendimento à Mulher, estão investigando caso de tentativa de feminicídio contra uma estudante brasileira do curso de Medicina da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Mato Grosso do Sul. 

 

Ainda esta semana, a Polícia Civil do Estado deverá solicitar apoio dos agentes da Direção de Investigações de Casos Puníveis da Polícia Nacional do Paraguai, para ajudar na elucidação do caso, que envolveu um médico e professor de Medicina da universidade Uninter, de Pedro Juan Caballero, identificado como Aldo Rubén Zaracho.  

 

Segundo o site Amambay News, a jovem teria sido brutalmente agredida e arrastada na rua pelo médico, seu ex-namorado, ao se negar a reatar o relacionamento com o mesmo. O caso ocorreu no dia 3 de março, por volta das 6h da manhã, em pleno centro da cidade. 

 

A vítima ainda teria sido ameaçada de morte e foi obrigada a deixar a cidade. Ela estava no quinto ano de Medicina da universidade Del Pacífico. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix