Ponta Porã/MS, Terça-Feira, 23 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 12h:36
Tamanho do texto A - A+

PM prende 15 durante operação na Reserva Indígena

Balanço divulgado nesta segunda-feira aponta para abordagem de 245 pessoas no período

Renato Giansante
De Dourados para o Capital News

Divulgação/PM

PM prende 15 durante operação na Reserva Indígena

Balanço divulgado nesta segunda-feira aponta para abordagem de 245 pessoas no período

De sexta-feira (14) a manhã desta segunda-feira (17) a Polícia Militar de Dourados, com apoio operacional da Guarda Municipal, realizou uma operação que visava saturar algumas áreas da cidade de Dourados e inclusive as Aldeias indígenas Jaguapiru e Bororo. Ao todo, 15 pessoas foram levadas às delegacias do município.

 

Em balanço divulgado nesta segunda-feira, a PM diz que abordou 245 pessoas e vistoriou 94 veículos. Também foram analisados 17 estabelecimentos comerciais como bares e lanchonetes principalmente ao entorno da Reserva Indígena de Dourados.

 

Os policiais cumpriram cinco mandados de prisão e apreenderam um revólver calibre 38, uma espingarda calibre 22 e 51 munições em uma abordagem a um veículo que estaria efetuando disparos de arma de fogo em via pública.

 

Para o comandante do 3º BPM, o tenente-coronel Carlos Silva, as ações desencadeadas pela polícia militar ajudam a aumentar a sensação de segurança na cidade e ainda na queda da incidência criminal.

 

 

“Ações conjuntas com a desencadeada no final de semana acabam por aumentar a sensação de segurança na região leste da cidade e também ajudam na redução da incidência crimes comuns de final de semana como perturbação do sossego, embriagues ao volante e algazarras promovidas em alguns bares e lanchonetes da cidade”, concluiu o comandante.

 

As ações e operações da Policia Militar devem ter continuidade nos próximos finais de semana.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix