Ponta Porã/MS, Sexta-Feira, 17 de Novembro de 2017 | 14:25
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 29 de Agosto de 2017, 16h:34
Tamanho do texto A - A+

OAB/MS cria Comissão para apurar desaparecimento de irmãos na fronteira

Os irmãos foram vistos pela última vez sábado (12), sendo levados por quatro policiais

Fernanda Freitas
Capital News

Reprodução/Facebook

Sumiço de irmãos em abordagem do DOF completa 9 dias, sem resposta

Irmãos sumiram no dia 12, em Ponta Porã

A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul), instaurou comissão para apurar o desaparecimento de dois jovens em Ponta Porã.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram os dois sendo abordados e levados em um veículo pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira), no dia 12 de agosto. O carro foi encontrado no Paraguai e os jovens desapareceram.

 “A Comissão foi constituída pela Seccional para apurar o fato com a relevância merecida já que envolve uma instituição criada exatamente para garantir a segurança pública da fronteira”, explicou o Presidente da OAB Subseção Ponta Porã, Luiz Renê do Amaral, nomeado Presidente da Comissão.

 O Presidente da Comissão já iniciou os trabalhos se reunindo pela manhã com o delegado titular da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídio, com o delegado Márcio Obara, o qual franqueou acesso e agradeceu o apoio às investigações.

 A Comissão já ouviu os familiares, inclusive a mãe dos jovens que se encontra presa preventivamente no Presídio Feminino de Ponta Porã.

 “Após a divulgação da prisão da mãe dos irmãos, a OAB/MS expediu oficio ao juiz de Maracaju, que decretou a prisão preventiva, requerendo informações e cópia do procedimento para análise”, destacou o membro da Comissão, Christopher Pinho Scapinelli, Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MS.

 A Comissão agora busca uma reunião com a direção do DOF para ter acesso ao inquérito policial militar e acompanhar a investigação ali também levada a cabo.

 Os outros membros da Comissão são: o Presidente da OAB/MS Subseção Dourados, Fernando Duque Estrada, Grace Georges Bichar, Claudio Rojas, Kamila Bitencourt, Silvânia Fernandes e Fernanda Primiani.

Entenda o caso

Imagens mostram momento que irmãos foram levados

Os irmãos Rodney Campos dos Santos, 27 anos, e Edney Bruno Ortiz Amorim, 20, estão desaparecidos desde o dia 12 de agosto. Imagens de circuito de segurança mostram os jovens sendo abordados por policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), no pátio de um posto de gasolina, à margem da MS-164 em Ponta Porã.

Sem ter tido resposta satisfatória por parte das autoridades policiais, familiares e amigos decidiram agir por conta própria. No domingo (20), foram feitas buscas nas imediações onde o sumiço dos irmãos ocorreu, mas nenhuma pista que leve ao paradeiro deles foi encontrada.
 
Suspeita
A família acredita que o desaparecimento de Rodney e Edney tenha envolvimento dos policiais que atuaram na abordagem. Um dos jovens foi no compartimento de presos de uma viatura e o outro no carro que eles dirigiam no momento da parada policial, um Golf, de cor preta.

Os policiais envolvidos alegaram que liberaram os irmãos logos depois da abordagem, que teria ocorrido erroneamente. No entanto, outra imagem adquirida pela polícia mostra o veiculo Golf passando pela rodovia, em direção ao Assentamento Itamarati. E, horas após a ação policial transitando com destino a cidade de Ponta Porã. O automóvel foi encontrado quatro dias após o desaparecimento dos jovens, no Paraguai. No banco de trás estava o boné que um dos irmãos usava quando foi abordado.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix