Ponta Porã/MS, Terça-Feira, 23 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 16h:51
Tamanho do texto A - A+

Grávida é morta a tiros e marido é preso em flagrante

Crime aconteceu na noite desta terça-feira e motivos ainda são investigados

Renato Giansante
De Dourados para o Capital News

Divulgação/PMR

Grávida é morta a tiros e marido é preso em flagrante

Crime aconteceu na noite desta terça-feira e motivos ainda são investigados

Um assassinato de uma grávida de 37 anos causou comoção em Aral Moreira, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai. Ela teria sido atingida por cinco tiros de arma de fogo que a polícia acredita ter sido disparados pelo marido na noite desta terça-feira (18).

 

O crime aconteceu em frente a uma pizzaria administrada pelo casal e testemunhas teriam presenciado o feminicidio. Andreia Pereira dos Santos morreu no local antes da chegada do socorro.

 

Após o assassinato, Jair Velei Schwantes, de 39 anos, tentou fugir, mas foi preso em flagrante em uma caminhonete Toyota Hilux a caminho de Ponta Porã, município que o casal morava antes de se mudar para Aral Moreira.

 

Em revista no interior do veículo, foi encontrado atrás do banco do motorista um revólver calibre .38 municiado, com quatro projéteis deflagrados e dois intactos. Nos bolsos do autor foram encontradas 09 munições de calibre .38.

 

O acusado foi levado à delegacia e prestou depoimento. Ele confessou o crime e disse pretendia fugir para o estado de Santa Catarina. Os motivos do crime ainda não foram revelados.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix