Ponta Porã/MS, Sábado, 27 de Maio de 2017 | 04:10
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 19 de Abril de 2017, 07h:38
Tamanho do texto A - A+

Pacientes recebem musicoterapia em Hospital de Ponta Porã

Atividade foi realizada nesta terça-feira em parceria com a banda do Exército

Renato Giansante
Capital News

Divulgação

Pacientesrecebemmusicoterapia em Hospital de Ponta Porã

Banda de Fanfarra levou alegria aos pacientes internados na manhã desta terça-feira

Músicos integrantes da Banda de Fanfarra do 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado de Ponta Porã estiveram na manhã desta terça-feira se apresentando no Hospital Regional Dr. José de Simone Netto (Hospital Regional de Ponta Porã) e levando alegria aos pacientes internados. A atividade faz parte de um projeto de musicoterapia que integra a Semana do Exército Brasileiro em todo país.

Todos os instrumentos foram selecionados e obedecendo as regras do hospital quanto ao barulho.
“Esse projeto é executado em várias cidades do Brasil onde visitamos não só hospitais, mas também escolas e outras instituições e o objetivo principal é levar alegria e conforto. Qualquer felicidade que uma pessoa venha a ter em um ambiente hospitalar é especial, e para nós oferecer esse tipo de atividade humanizada é também promover uma grande integração com outras instituições, mostrando mais ainda os nossos serviços”, disse o oficial de comunicação, Major Darwin Wallace Cristino.

Uma das pacientes internadas, casa Maria das Graças de Souza Lunas, 51, disse que ficou muito emocionada com a apresentação. Ela segue no hospital devido a uma hérnia em um dos leitos da ortopedia. “Desde que fui internada, percebi que estou bastante ansiosa querendo voltar logo para casa e para minha família, e ouvir essas canções me deixou mais calma, sem contar que eu fiquei muito feliz vendo o Exército fazendo esse tipo de atividade aqui no Hospital, que eles voltem sempre”, contou.

Já para o paciente Leonardo Torales, 53, a apresentação musical deu mais força para seguir o tratamento na clínica médica que já dura três meses. “Passar por essa experiência dentro de um hospital me tocou profundamente. Estou aqui há mais de três meses e não esperara ouvir música ao vivo. Fiquei muito feliz e agradecido porque essas canções me deram forças para continuar minha luta”, falou.

Para a diretora de enfermagem Giulia Stefanie Abreu Brey, a parceria com o exército para esta ação fortalece os programas de humanização que têm sido implantados no Hospital Regional e também vai de encontro ao sistema de qualificar o atendimento aos pacientes.

2 COMENTÁRIOS:

Importante lembrar que musicoterapia é realizada com musicoterapeuta! Não encontrei o nome do Musicoterapeuta responsável na reportagem. Musicoterapia é uma graduação de 4 anos, presente em Universidades Publicas e Particulares. Seu Código Brasileiro de Ocupação é 2263-05
enviado por: Mariana em 20/04/2017 às 08:33:07
0
 
0
responder
Tem um erro gravíssimo nessa notícia: apresentação de musica nos hospitais não é musicoterapia. Para ser musicoterapia, o profissional deve ser formado em musicoterapia (sim, existe uma graduação para ser musicoterapeuta).
enviado por: Michelle em 20/04/2017 às 00:05:35
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix