Ponta Porã/MS, Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sábado, 28 de Abril de 2018, 11h:00
Tamanho do texto A - A+

Governador participa de Fórum da Região Sul da Fronteira

Laura Holsback
Capital News

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, participou do Fórum da Região Sul da Fronteira que aconteceu em Ponta Porã, nesta sexta-feira, 27. O momento foi de bate papo com a população e esclarecimento de dúvidas.

 

O presidente estadual do PSDB, deputado Beto Pereira abriu o evento agradecendo a presença de todos e relembrando a passagem pelas regiões de Ivinhema, Aquidauana e Corumbá, cidades que já sediaram fóruns anteriores.

 

“Chegamos a Ponta Porã fortalecendo o partido, as ideias e os ideais. Estamos fazendo um MS diferente, responsável, que entrega obras e investimentos em todos os municípios. Ele dá certo porque o projeto que nós criamos saiu para ouvir a população, mostrando os serviços já realizados e os que estão sendo feitos em todo o Estado”.

 

Reforçando a importância do trabalho e a participação dos representantes políticos, Beto Pereira falou que, tanto os 36 prefeitos do PSDB, como os aproximadamente 15 prefeitos aliados, estão comprometidos com o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul, citando o exemplo do prefeito de Ponta Porã, HelioPeluffo, anfitrião da noite.

 

“Hélio é um grande gestor, um exemplo de administração pública. Temos os nossos deputados que também são fundamentais para que o Estado continue de pé, e é por isso que me orgulho de ser presidente do maior partido político deste Estado”, finaliza.

 

O pré-candidato a senado, Nelsinho Trad falou de sua experiência como prefeito de Campo Grande. “Sei muito bem a responsabilidade de nós gestores para realizar e fazer o que a população espera da gente. O governo está ouvindo as pessoas, e é por isso que eu, como presidente de um partido político não tinha como não escolher o caminho da responsabilidade e do desenvolvimento”, diz o ex-prefeito, referindo-se a gestão de Azambuja.

 

Há três anos e quatro meses como vice-governadora do Estado, Rose Modesto falou sobre o crescimento econômico e social de MS. “Basta olhar para o que está acontecendo com o nosso país e ver que Mato Grosso do Sul vem dando certo. Isso acontece porque há esforço e motivação do nosso governador em servir no momento mais difícil em que este país viveu, e é por isso que reafirmo meu compromisso com o Reinaldo porque MS precisa continuar dando certo”.

 

O pré-candidato a senador pelo PSDB, Marcelo Miglioli, relembrou os trabalhos realizados em sua pasta enquanto secretário de infraestrutura do Estado e da gestão do governador. “Enquanto todo mundo falava em crise, a gente pensava em alternativas para fazer crescer o nosso Estado. Hoje tenho orgulho de dizer que conseguimos”.

 

Perguntando aos presentes ‘Qual era o MS que todos queremos´, o prefeito e Ponta Porã, Hélio Peluffo, ressaltou a melhora na qualidade de vida que os moradores estão tendo. “Por quase 30 anos, o bairro Brejão ficou esquecido pela administração pública. Hoje ela tem água tratada, esgoto e asfalto. É este MS que todos nós queremos, com investimentos, que faz a vida das pessoas melhorarem. Com o olhar para todas as regiões do Estado”.

 

Hélio relembrou a situação caótica em que se encontrava o Hospital Regional de Pona Porã anos atrás. “Hoje temos 88% da população que aprova o serviço do hospital e reconhece o quanto foi feito. Por isso, tenho orgulho de estar ao seu lado, governador, e de ser representado por uma pessoa que já investiu mais de R$30 milhões na nossa cidade e que vai investir ainda mais”.

 

Respondendo perguntas da população, o governador Reinaldo Azambuja iniciou falando sobre emprego. “Em 2017 tivemos um saldo positivo e ficamos em segundo lugar no país como o Estado com maior geração de emprego”.

 

Sobre as obras nas rodovias, o governador disse que a MS 379, um sonho antigo da população da região será feita. “E ela será toda concluída porque só começamos uma obra quando temos 100% de resíduos”.

 

Em relação à educação, Azambuja falou da Caravana da Saúde nas Escolas. “De 15% a 20% dos alunos que estão com baixo rendimento possuem problemas visuais ou de audição, e é por isso que os 176 mil alunos do estado farão exames e receberão óculos e aparelhos auditivos, caso seja necessário”.

 

Já sobre a saúde, ele citou o número de cirurgias eletivas já realizadas, e do compromisso em operar aqueles que ainda esperam pelo procedimento. “De 2012 a 2014, o governo realizava até 1.300 cirurgias ao ano. No nosso governo já foram 58 mil pessoas que passaram pelo processo cirúrgico. Isso nos orgulha porque estamos diminuindo drasticamente essa fila que sempre foi uma vergonha”. Reinaldo ainda falou que as obras no Hospital de Dourados, um desejo antigo da região, será iniciada.

 

Segurança nas fronteiras, assunto de extrema importância para a região, foi a última pergunta da noite para o governador. “Quando assumi, as armas estavam velhas, os coletes vencidos e as viaturas sucateadas. Além de implantarmos o videomonitoramento em cidades de fronteira, entregamos colete, armas e viaturas novas para os nossos policiais trabalharem, e o resultado aconteceu. Hoje somos o terceiro Estado mais seguro do Brasil, com investimentos que chegaram a R$144 milhões”.

 

O Fórum da Região Sul da Fronteira contou com a presença de aproximadamente duas mil pessoas. Em sua 4º edição, o MS que Dá Certo já passou por 34 municípios de Mato Grosso do Sul e contou a presença de aproximadamente 6.500 pessoas, além de prefeitos, deputados estaduais e federal, senador e vereadores do PSDB e partidos aliados.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix