Ponta Porã/MS, Domingo, 24 de Setembro de 2017 | 11:53
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 16 de Março de 2017, 11h:57
Tamanho do texto A - A+

Começa nesta quinta proibição de ambulantes da área central de Três Lagoas

Fiscais estarão de plantão para retirar da área delimitada àqueles que descumprirem a regra

Gian Nascimento
Capital News

Reprodução/RCN

Começa nesta quinta proibição de ambulantes da área central de Três Lagoas

Espaço na área central delimitado pela prefeitura não terá mais vendedores ambulantes

Os vendedores ambulantes não poderão mais comercializar qualquer tipo de produto na zona central de Três Lagoas a partir desta quinta-feira (16). De acordo com secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Antônio Empke, o Tonhão, a decisão já foi comunicada à comissão de ambulantes e será realizada uma força-tarefa, com fiscalização mais rigorosa para evitar descumprimentos.

 

O perímetro delimitado pela Secretaria para proibição abrange a área compreendida pela avenida Rosário Congro e ruas Elmano Soares, João Carrato e Bruno Garcia, entrando em conformidade com a lei municipal de nº 2.790. 

 

Nesta quarta-feira (15), foi o último dia em que os vendedores puderam atuar na área citada, no entanto, Tonhão ressaltou a Rádio Cultura FM que a intenção não é proibir os trabalhos e sim restringir apenas um ponto específico. “Eles têm a cidade inteira para trabalhar, não poderão ficar apenas nesse miolo do centro”, contou.

 

De acordo com o secretario Tonhão, a medida visa respeitar a lei e em breve haverão novos encontros buscando pela regularização das condições para que tenha um espaço destinado ao comércio de produtos por ambulantes.

 

“Procuramos agir da maneira mais amistosa possível, mas é o nosso dever fazer cumprir a lei e garantir a fluidez do passeio público. Sendo assim, esperamos que cumpram com a determinação e orientem seus colegas do centro a respeito do prazo final da desocupação da área. Posteriormente, empenharemos esforços na busca de novas soluções para conseguir regularizar a atividade de vocês”, esclareceu o secretário.

 

Caso a orientação seja desobedecida, a Prefeitura afirma que a Polícia e fiscais estarão autorizados a agir de forma punitiva para retirada dos locais.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix