Ponta Porã/MS, Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 07h:29
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Projeto que libera autosserviço em postos pode acabar com 7 mil empregos em MS

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Ilustração/Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Autor da proposta alega que autosserviço pode reduzir preço dos combustíveis, mas sindicato teme fim de empregos

Projeto que libera bombas de autosserviço – operadas pelo próprio consumidor – nos postos de combustíveis do Brasil preocupa trabalhadores do setor. O presidente do sindicato da categoria em Mato Grosso do Sul (Sipospetro-MS), José Helio da Silva, classifica a proposta como "verdadeira bomba" que pode eliminar 7 mil empregos diretos apenas no estado, e pretende pedir ajuda da bancada federal. Autor da proposta, o deputado Vinicius Poit (Novo-SP) admite que o sistema adotado nos Estados Unidos desde a década de 1950 reduz o custo do empresário com empregados e, assim, poderá reduzir o preço dos combustíveis. Em trâmite na Câmara, o PL 2302/19 será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Minas e Energia; e na CCJ. Isso significa que não precisa passar por votação no plenário, a não ser que haja recurso neste sentido com assinatura de 52 deputados.

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix